Grupo de Diagnóstico Pré-Natal

Trofa e Famalicão

Coordenador: Dr. Joaquim Saraiva

Dentro da medicina materno fetal o diagnóstico pré natal tem como objetivo entre outros, a avaliação do estado fetal e o estudo morfológico fetal e o estudo morfológico fetal possibilitamos diagnosticar, antes do parto, algum defeito congénito, (morfológico, estrutural e funcional), que pode ser resultado de uma doença cromossoma ou genética (herdada ou esporádica) ou provocado por uma causa externa como por exemplo uma infeção fetal.
O diagnóstico pré natal permite assim, um aconselhamento parental atempado e uma adequada programação do nascimento, temos sempre por base uma história clínica, pessoal e familiar dos progenitores em conjunto coma eco grafia obstétrica, estudo analítico materno ou de ambos os progenitores e eventualmente, o recurso a exames invasivos de diagnóstico pré natal.

EXAMES DISPONÍVEIS
- Ecografia do primeiro trimestre: Realizada entre as 11 e as 14 semanas de gestação tem como principal objetivo o diagnóstico precoce e anomalias fetais e avaliação de marcadores ecográficos de doença cromossómica /genética bem como datar a gravidez.
- Ecografia do segundo trimestre: Realizada entre as 14 e as 24 semanas (preferencialmente entre as 18 as 22 semanas) tem como objetivo o estudo morfológico fetal e o diagnóstico de eventuais anomalias estruturais fetais.
- Ecografia do terceiro trimestre: Realizada entre as 24 semanas e o termo da gravidez (preferencialmente entre as 28 semanas e as 32 semanas), tem como objetivo principal a avaliação do crescimento e “bem-estar” fetal, bem como rever a morfologia fetal.
- Fluxometria dopler: Resulta da exploração ecográfica da circulação fetal pode ser realizada durante toda a gestação e é um parâmetro ecográfico da avaliação do estado fetal especialmente quando realizada na ecografia do terceiro trimestre.
- Ecografia 3D/4D: Surge como um complemento da ecografia bidimensional (2D ou tradicional) permite obter imagens do feto em 3D ou uma avaliação em tempo real, dá dinâmica corporal fetal (ecografia 4D) embora possa ser realizada em qualquer tempo da gravidez é preferencialmente efetuada no segundo e no terceiro trimestre.

EXAMES INVASIVOS
- Biópsia das vilosidades coniónicas: Técnica invasiva de diagnóstico pré natal que consiste numa colheita ecoguiada de uma amostra do tecido placentar com o objetivo do diagnóstico precoce de doenças cromossómicas/genéticas. É realizado após as 11 semanas de gravidez.
- Amniocentese: Técnica invasiva de diagnóstico pré natal que consiste numa colheita ecoguiada de líquido amniótico com o objetivo do diagnóstico precoce de anomalias cromossómicas /genéticas ou de doenças infeciosas fetais. É realizado após as 16 semanas de gravidez.

Grupo Diagnostico Pre Natal (1)

Unidades onde este serviço está disponível

Características Globais

Inauguração: 2009

Área: 1932 m²

Corpo Clinico: 121 Profissíonais

Características Globais

Inauguração: 1999

Área: 13588 m²

Corpo Clinico: 228 Profissíonais

16 julho 2018

Qual é a importância da Tiroide?

15 julho 2018

Quando as varizes reaparecem

11 julho 2018

Tratamento minimamente invasivo da dor lombar