Voltar

Notícias e Eventos

Últimas entradas sobre a nossa atividade

30 outubro 2019

Cancro de mama – prevenção e diagnóstico precoce

No início da década de 1990 surgiu nos Estados Unidos da América o movimento conhecido como Outubro Rosa, que tem como principal objetivo alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do cancro de mama.

Segundo dados de incidência de 2018, o Cancro da Mama é o 2º tipo de cancro mais comum em ambos os sexos, sendo que no género feminino é o cancro mais incidente a nível mundial, sendo responsável por 24,2% dos cancros. Em Portugal, o Cancro da Mama é o tipo de cancro com maior incidência em ambos os sexos, sendo responsável por mais de 12% dos novos casos de cancro em 2018. No género feminino, foi responsável por cerca de 26,4% de novos casos de cancro em Portugal, em 2018.

Estes dados demonstram que o cancro de mama tem de ser encarado como um problema de saúde pública, sendo necessário o envolvimento de toda a sociedade médica e não médica para a abordagem desta patologia começando na prevenção e deteção precoce.

Existem fatores de risco, como história familiar de cancro de mama, que não são possíveis alterar (mas podem exigir uma vigilância mais precoce), contudo, é possível realizar mudanças ao nível do estilo de vida que podem ter impacto na redução de risco de cancro de mama.

Entre os principais fatores de risco para cancro de mama possíveis de modificar há a destacar:

  • Abstenção tabágica – a associação entre fumar e os diferentes tipos de cancro, incluindo cancro da mama, foi demonstrada em incontáveis estudos científicos;
  • Não consumo de bebidas alcoólicas – a ingestão de bebidas alcoólicas aumenta o risco de cancro de mama, sendo que essa associação é tanto mais forte quanto maiores forem os consumos de álcool;
  • Prática de exercício físico e manutenção de um peso saudável – o excesso de peso e a obesidade aumentam o risco de cancro de mama, especialmente em mulheres pós-menopáusicas. A prática de exercício físico regular está associada a uma diminuição do risco de cancro de mama.

A deteção precoce do cancro de mama possibilita o diagnóstico da doença numa fase inicial altura em que os tratamentos têm maior probabilidade de ser bem-sucedidos. Recomenda-se a todas as mulheres entre os 50 e os 69 anos de idade que participem no Rastreio de Cancro de Mama, realizando, pelo menos de 2 em 2 anos, uma Mamografia.

O Rastreio do Cancro de Mama tem como principal objetivo um diagnóstico precoce, permitindo assim tratamentos menos mutilantes (cirurgia conservadora) e menos traumatizantes e uma sobrevida livre de doença e global mais longa.

Para além da realização de Mamografia Bianual, todas as mulheres devem realizar, a partir dos 18 anos de idade, o autoexame da mama mensalmente, depois da menstruação. Este exame simples e rápido pode permitir detetar alterações da forma/densidade da mama que podem necessitar de investigação adicional. De entre as principais alterações mamárias que devem motivar ida ao seu médico assistente há a assinalar: Nódulo ou endurecimento na mama ou na axila; Modificação no tamanho ou formato da mama; Alteração da coloração ou sensibilidade da pele da mama ou da aréola; Retração da pele da mama/mamilo; Corrimento mamilar.

A Senologia é um ramo da Medicina que estuda as doenças da Mama, entre as quais o cancro de Mama. É uma área composta por uma equipa multidisciplinar que envolve Imagiologistas, Cirurgiões/Ginecologistas, Radio-oncologistas e Oncologistas e que tem como principais funções o diagnóstico precoce e tratamento personalizado, seguro e eficaz.

O Trofa Saúde Hospital em Braga Centro dispõe de uma equipa multidisciplinar experiente e dedicada ao Cancro de Mama que acompanha doentes em fases diferentes da sua doença oncológica, com o recurso às mais atualizadas técnicas de diagnóstico, técnicas de cirurgia minimamente invasiva, radio-oncologia e terapêutica dirigida que acompanha e cumpre as principais atualizações nacionais e internacionais.

Redigido por Dr. João Sobrinho Carvalho (OM55347), Oncologista no Trofa Saúde Hospital em Braga Centro

Voltar

05 janeiro 2021

Utilize o seu vale-cirurgia SIGIC

24 dezembro 2020

Reabilitação no idoso

08 dezembro 2020

Medidas de prevenção da COVID-19 nos Hospitais Trofa Saúde