Voltar

Notícias e Eventos

Destaques do Trofa Saúde Hospital

29 agosto 2019

A Estética em Medicina Dentária

A saúde é atualmente definida pela Organização Mundial de Saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de doença ou enfermidades”. Neste sentido, a estética corporal é de grande relevo para que uma sensação de bem-estar pleno possa ser alcançada.

Na sociedade moderna a estética do sorriso apresenta um papel essencial nas relações interpessoais, melhorando a autoestima e afirmação na sociedade, tendo vindo a verificar-se uma procura crescente pela estética dentária e pelo sorriso perfeito.

Existem várias condições que podem contribuir para um sorriso menos harmonioso e que estão na génese da procura de cuidados de medicina dentária por muitas pessoas. Entre elas estão: alterações de cor de um ou de vários dentes; existência de espaços entre os dentes; alterações na forma e tamanho dentário; mau alinhamento dentário; e dentes extensamente destruídos, quer por fratura ou desgaste. 

Existem atualmente várias opções terapêuticas conservadoras e pouco invasivas que permitem abordar estas condições, restabelecendo ou melhorando a estética do sorriso.

Branqueamento dentário. É talvez o tratamento estético mais conservador para dentes descolorados. É possível intervir apenas num dente que se apresente mais escuro, bem como realizar o branqueamento de arcadas completas. Pode ser realizado em consultório ou em casa pelo próprio, através das indicações e da supervisão do médico dentista.
Restaurações estéticas em resina composta. Podem ser realizadas diretamente em consultório, utilizando materiais desenvolvidos para imitar de forma natural as características óticas do dente, que permitem uma melhoria significativa do sorriso. Podem ser realizadas em dentes com restaurações antigas que necessitem de substituição por se encontrarem escuras ou degradadas; bem como para fechar pequenos espaços entre os dentes ou alterar a forma e o tamanho dos mesmos.

Facetas cerâmicas. A evolução na medicina dentária permite que atualmente se possam fazer reabilitações extensas do sorriso de forma altamente conservadora, natural e duradoura. As facetas dentárias são finas capas de cerâmica que são aderidas à superfície dentária e são uma valiosa ferramenta estética capaz de promover alterações significativas do sorriso, contribuindo positivamente na vida social e na personalidade das pessoas. Estão indicadas em dentes descolorados nos quais não foi possível obter um resultado ótimo através do branqueamento dentário; para modificar a forma dentária, corrigindo pequenas imperfeições no formato dos dentes, aumentando o seu comprimento e proeminência ou fechando espaços existentes entre eles; e ainda para grandes restaurações dos dentes anteriores que tenham sido sujeitos a fraturas, cárie extensa ou desgaste acentuado. É um tratamento que apresenta um resultado estético excelente e grande longevidade, não sendo previsível a pigmentação da superfície com o passar do tempo. Para a sua realização é efetuado um estudo prévio com recurso a fotografias e moldes da boca do doente, que permite apresentar a melhor solução para cada caso e visualizar como vai ficar o sorriso no final do tratamento.

Redigido por Dr. Diogo Claro Pereira (OMD07455), Médico Dentista com formação em Estética no Trofa Saúde Hospital em Braga Centro

Voltar

09 outubro 2019

Cirurgia estética genital feminina

08 outubro 2019

Cuidado com a dor no peito, a angina de peito e o enfarte...

07 outubro 2019

Escoliose do adulto: o que é e qual o tratamento