Voltar

Notícias e Eventos

Destaques do Trofa Saúde

25 setembro 2020

Não somos aquilo que comemos!

Muito se ouve na nossa gente um célebre dito de base nutricional, “somos tudo aquilo que comemos”. Não está de todo descabido de sentido, mas termina a sua analogia, quando nos deparamos quem de facto somos nós.

Sabemos, é claro, que os órgãos dos nossos sentidos, sendo que estamos a considerar os cinco existentes,são a portas e as janelas para o “consumo” de tudo aquilo que absorvemos energética e quimicamente falando.

Pasme-se que temos dois olhos, dois ouvidos (estes na mesma base de eixo de quadrantes), duas narinas e milhões de poros de entrada para o nosso organismo através da pele (órgão de grande extensão do corpo humano) e ainda há motivos para afirmarmos que “somos tudo aquilo que comemos”? Diria que somos tudo aquilo que consumimos (note-se que atualmente o que consumimos é de má qualidade, é tóxico e mortal). E consumimos muito mais pela visão e audição e pela capacidade sensitiva das terminações nervosas ao longo da nossa pele.

Através da visão e audição, o “consumo elevado de agentes patogénicos externos”, ao entrarem de uma forma rápida pelo denominado lobo orbitofrontal, acaba por “fluir” por estruturas encefálicas como a hipófise, amígdala, hipocampo e hipotálamo, que oferecem ao indivíduo a intensidade de medo, reação ao mesmo, aumento da hipersensibilidade, promovendo à posteriori maior libertação de interleucinas, IL-1, IL-6… citocinas e fatores de necrose tumorais como TNF-s que promovem patologia orgânica, tendo em conta os processos psicopatológicos que entram em destaque pelo seu aumento de intensidade e de cronicidade, em que a base linear produzida está inserida na componente de ansiedade generalizada, e em quadros depressivos, que levam ao aumento de doenças psiquiátricas que aparecem cada vez mais em consulta e seus derivados, como, perturbações de pânico, ansiedade generalizadas e do tipo específico, perturbação obsessiva compulsiva, depressão, perturbação esquizoafetiva da personalidade, perturbação stress pós-trauámático, perturbação bipolar, fobias do tipo específico, aumento de alterações de comportamento infantil (DAH, agressividade, medos, pesadelos, insucesso escolar levando ao seu abandono (registo que tem vindo a aumentar desde o início do aparecimento da covid-19)). Estas informações com entrada no sistema sensorial traduzem organicamente em reações do eixo hipotálamo-hipofisário-suprarrenal, no qual é sabido, que estados depressivos e ansiogénicos levam à perda e atrofia neuronal nas regiões corticais do sistema límbico (Duman, 2014).

Na especialidade de psicologia clínica oferecemos uma ampla e vasta gama de estratégias, de base cognitivo-comportamental e psicodinâmica ou de linha breve, com foco na identificação de patologias, análise de personalidade, dando ferramentas e mudanças na criança e adolescência bem como no seu todo sistémico na qualidade de serviço de psicologia infantil, identificação de psicopatologia, diagnóstico e tratamento a perturbações e psicopatologias de forma abrangente, estratégias e um trabalho em equipa pluridisciplinar em perturbações alimentares, consultas de psicologia oncológica, inovação e implementação de estrutura terapêutica pouco frequente no nosso país, equipa pluridisciplinar em geriatria, dando apoio no conceito de idoso frágil e suas comorbilidades sempre com êxito num envelhecimento ativo.

Estes serviços de grande qualidade são fornecidos rigorosamente em primeira linha de ação aos nossos doentes em consultas externas ou em internamento nos nossos hospitais, Trofa Saúde Amadora e Trofa Saúde Loures, com mais profissionais da especialidade sempre com foco na eficácia da multidisciplinariedade com distintas especialidades como a da psiquiatria e pedopsiquiatria.

Redigido por Dr. Daniel Santos e Silva (OPP13971), Psicólogo no Trofa Saúde Amadora e Loures, com formação e diferenciação em Psicologia Clínica e Psicoterapia Cognitiva-Comportamental, Psicologia Infantil, Psicologia Oncológica, Obesidade, Geriatria e Saúde Mental

Voltar

20 outubro 2020

ACORDO ADSE

20 outubro 2020

ACORDO ADSE

20 outubro 2020

ACORDO ADSE