Skip to main content
Importância da cessação tabágica
publicado em 22 Jun. 2022

A nível mundial, o tabagismo é a principal causa de morte evitável, provocando cerca de seis milhões de mortes por ano.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que ajudar os fumadores a deixar o vício é fundamental para controlar esta epidemia, mas também são necessárias outras medidas, nomeadamente a divulgação o mais ampla possível sobre os malefícios do tabaco, a informação e educação dos mais jovens, e ainda o agravamento dos impostos e uma legislação mais restritiva sobre os produtos do tabaco.

 

É imprescindível que os fumadores tomem consciência da verdadeira importância das consultas de cessação tabágica, conheçam as várias medidas que promovem o combate à dependência física e psicológica e que não optem pelo facilitismo da substituição por cigarros light, eletrónicos ou ainda pelo tabaco aquecido.

 

Cessação tabágica é interromper o consumo do tabaco. Mas deixar de fumar não é nada fácil, mas é possível. A dependência do tabaco (nicotina é a substância responsável) é muito forte e assume dois aspetos: psicológico e fisiológico.

 

A dependência psicológica ou comportamental está associada a rituais, hábitos sociais e individuais, que criam verdadeiros reflexos condicionados. Relativamente à dependência fisiológica, o uso regular da nicotina leva ao desenvolvimento de habituação e a paragem súbita conduz a sintomas de abstinência.

 

A maioria dos fumadores gostaria de parar de fumar, mas apenas 25% das tentativas duram mais de uma semana e sem ajuda médica especializada só 3% tem sucesso.

 

Os benefícios em deixar de fumar são múltiplos e significativos. Não só imediatos, como: redução da tosse, melhoria do paladar, do olfato, do hálito; mas também, a médio e longo prazo, como: melhoria da saúde oral, das rugas da pele, diminuição do risco de doenças respiratórias e cardiovasculares e do risco de morte prematura.

 

Deixar de fumar aumenta a sobrevida e da qualidade de vida aos ex-fumadores.

 

Aos fumadores não podem restar dúvidas, que os benefícios são uma realidade. Se tomar a decisão de deixar de fumar, peça ajuda ao seu médico assistente.

 

Dado o tabaco provocar dependência, os fumadores precisam de ajuda para parar. Só com consultas especializadas, multidisciplinares, realizadas por profissionais treinados, que aplicam uma série de técnicas de intervenção, que combinam aconselhamento, apoio comportamental e psicológico, com tratamento farmacológico e um plano personalizado de seguimento, podem garantir possibilidades de êxito.

 

Nestas consultas é possível abordar, aconselhar, avaliar, ajudar e acompanhar os fumadores motivados a deixar de fumar. O seguimento destes fumadores com consultas de acompanhamento regulares é extremamente importante para prevenir as recaídas.

 

Nunca é de mais salientar que vale sempre a pena deixar de fumar, em todas as circunstâncias e qualquer que seja a idade.

 

O Grupo Trofa Saúde disponibiliza consultas de cessação tabágica nas suas unidades hospitalares.